Slide 1

Atualizações Recentes

Nuredam/UERJ

Busca

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | R | S | T | U | V | W | Y | Z

SÁ, C. P. A construção do objeto de pesquisa em representações sociais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1998.

_______. As representações sociais na história recente e na atualidade da psicologia social. In: JACÓ-VILELA, A. M.; FERREIRA, A.A; PORTUGAL, F.T. (orgs.). História da psicologia: rumos e percursos. Rio de Janeiro; Nau Ed. 2007. 

_______. O campo de estudo das representações sociais. In: SPINK, M. J. (org.). Núcleo central das representações sociais. Petrópolis: Vozes, 2002. 

_______. Representações sociais: o conceito e o estado atual da teoria. In: SPINK, M. J. (org.). O conhecimento no cotidiano: as representações sociais na perspectiva da psicologia social. São Paulo: Brasiliense, 1993. 

SA, Celso Pereira de et al . A memória histórica do regime militar ao longo de três gerações no Rio de Janeiro: sua estrutura representacional. Estud. psicol. (Campinas),  Campinas,  v. 26,  n. 2, June  2009 .   Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2009000200004&lng=en&nrm=iso>. access on  31  Mar.  2013.

SÁ, Elisabeth Shneider de (Org.). Manual de normalização de trabalhos técnicos, científicos e culturais. 4ª ed. Petrópolis/Vozes, 1994.

SACHS, Ignacy. Estratégias de transição para o século XXI: desenvolvimento e meio ambiente.  São Paulo: Studio Nobel: Fundação do desenvolvimento administrativo, 1993. 

_______. Ecodesarollo: desarrollo sin destruicción. México, El Colegio de México, 1982. 

_______. Rumo à ecossocioeconomia: teoria e prática do desenvolvimento. São Paulo: Cortez, 2007.

SADER, Eder. Quando Novos Personagens Entraram em Cena. Experiências e Lutas dos Trabalhadores da Grande São Paulo 1970 – 1980. São Paulo: Paz e Terra, 1995.

SAGAN, Carl. O mundo assombrado pelos demônios: a ciência vista como uma vela no escuro. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

_______. Pálido ponto azul: o futuro do homem no espaço. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

_______. Bilhões e bilhões: reflexões sobre vida e morte na virada do milênio. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

SALOMON, Délcio Vieira. Como fazer uma monografia. 9ª ed. São Paulo: Martins Fonseca, 1999.

SAMPIERI, R. H.; COLLADO, C. E; LUCIO P. B. Metodología de la investigación. México: McGraw-Hill,1996.

SANTOS, Antonio Raimundo dos. Metodologia científica. 6º ed. revisada. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

SANTOS, Boaventura de Souza. Introdução a uma ciência pós-moderna. Rio de Janeiro. Graal, 1989.

_______. Renovar a Teoria Crítica e Reinventar a Emancipação Social. São Paulo: Boitempo Editorial, 2007.

_______. Para um novo senso comum: a ciência, o direito e a política na transição paradigmática. São Paulo: Cortez, 2000. V.1. A crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência. 

_______. A Crítica da Razão Indolente: contra o desperdício da experiência. Coleção Para um novo senso comum – A ciência, o direito e a política na transição paradigmática. Volume 1. São Paulo: Cortez Editora, 2000.

_______. Para uma sociologia das ausências e uma sociologia das emergências. In: SANTOS, Boaventura de Sousa (org.). Conhecimento prudente para uma vida decente. Um discurso sobre as ciências revisitado. São Paulo: Cortez Editora, 2004, pp. 777-821. 

_______. A crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência. São Paulo. Cortez, 2001.

_______. Um discurso sobre as ciênciasPorto/Portugal. 12ª ed. Edições Afrontamento, 2001.

_______. Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modenidade. São Paulo, Cortez, 1997.

_______. A globalização e as Ciências Sociais. São Paulo: Cortez, 2005.

SANTOS, Teothônio dos. Forças produtivas e relações de produção: ensaio introdutório. Petrópolis, Ed. Vozes, 1986.

SANTOS, Milton. Paisagem e espaço in: Metamorfoses do espaço habitado. São Paulo. Hucitec, 1994.p. 67-81. 

_______. Da totalidade ao lugar. São Paulo: Editora Universidade de São Paulo, 2005. p.165-170. 

_______. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004. 

_______. Por uma geografia nova. São Paulo: Hucitec/Edusp, 1978.

SANTOS, I.E. Manual de métodos e técnicas de pesquisa científica. Niterói: Impetus, 2011.

SANTOS, B. de S.; MENESES, M. P.; MENESES, M. P. (orgs). Epistemologias do Sul. Série Conhecimento e Instituições. Coimbra: Edições Almedina, AS, 2009.

SANTOS, J. A.; PARRA FILHO, D. Metodologia científica. São Paulo: Futura, 1998.

SANTOS, R., CARVALHO, L.F.C. e DA SILVA, F.C.T. (orgs.) Mundo rural e política. Ensaios interdisciplinares. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1998.

SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. Ler e escrever: coletânea de atividades – 4ª série / Secretaria da Educação, Fundação para o Desenvolvimento da Educação; adaptação do material original, Marisa Garcia, Andréa Beatriz Frigo. São Paulo: FDE, 2010.

SÃO PAULO. Governo do Estado de São Paulo. Prefeitura Municipal de Cunha/SP. Consórcio PLANSAN 123. Plano Municipal Integrado de Saneamento Básico. Disponível em <www.cunha.sp.gov.br/wp-content/uploads/2013/03/0872_RT_12_S_1204_02_Cunha.pdf>

SÃO PAULO. Prefeitura Municipal de Cunha/SP. Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos. Plano Municipal de Saneamento Básico. Síntese. Disponível: <http://www.cunha.sp.gov.br/wp-content/uploads/2013/03/Sintese.pdf>.

SARTRE, J.P. Questão de método. Coleção Os Pensadores. São Paulo: Abril, 1980.

SATO, M. e PASSOS, L.A. Biorregionalismo: identidade histórica e caminhos para a cidadania. In: LOUREIRO, F.B., LAYRARGUES, P.P. e CASTRO, R.S.  Educação ambiental: repensando o espaço da cidadania. São Paulo: Cortez, 2002, p. 221-252.

SAVIANNI, D. Escola e democracia. São Paulo: Cortez, 1983.

SCARANO, F. R.; GASCON, C., MITTERMEIER, R. A. O que é biodiversidade? Scientific American. Brasil. Edição especial.  n. 39,  julho 2010.

SCHAMA, Simon. Paisagem e memória.  São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

SÉCULO DIÁRIO. Disponível em: <http://seculodiario.com.br/18521/10/cariacica-realiza-seminario-para-debater-gestao-de-residuos-solidos-1>. Acesso em: 22/09/2016.

SELLTIZ, Claire et al. Métodos de pesquisa nas relações sociais. São Paulo: Herder, 1967.

SENNETT, Richard. A corrosão do caráter: consequências pessoais do trabalho no novo 
capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2006.

SERRES, Michel. O contrato natural. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 22ª ed. São Paulo: Cortez, 2002.

_______. Metodologia do trabalho científico: diretrizes para o trabalho científico-didático na universidade. 5. ed. São Paulo: Cortez & Moraes, 1980.

SILVA, Daniel José. O paradigma transdisciplinar: uma perspectiva metodológica para a pesquisa ambiental. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Woorkshop sobre interdisciplinaridade. São José dos Campos, 1999.

SILVA, Francisco Carlos Teixeira. A história das paisagens. In: CARDOSO, Ciro Flamarion S. & VAINFAS, Ronaldo (orgs.).  Domínios da história: ensaios de teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Campus, 1997. p. 203-216. 

SILVA, José Carlos Teixeira da; SILVA, Marcos Schaaf Teixeira; MANFRINATO, Jair Wagner de Souza. Correlação entre gestão da tecnologia e gestão ambiental nas empresas. Prod.,  São Paulo,  v. 15,  n. 2, ago.  2005 .   Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-65132005000200006&lng=pt&nrm=iso>. acessos em  06  abr.  2013.

SILVA, Luciene Pimentel da; NEFFA, Elza. Engenharia e Educação Ambiental. In: FANTINATTI, Pedro; FERRÃO, André; ZUFFO, Antonio (coord.). Indicadores de sustentabilidade em Engenharia: como desenvolver. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015, pp - 15 - 36.

SIQUEIRA, Josafá Carlos. Ética e Meio Ambiente. São Paulo: Edições Loyola, 1998.

SCHNAIBERG, Allan. The Environment. New York: Oxford Univ. Press. 1980.

SCHNITMAN, Dora Fried. Novos paradigmas, cultura e subjetividade. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996. Cap. 2 “A noção de sujeito” de Edgar Morin, pp. 45-55 e Cap. 16. A epistemologia da complexidade. Pp. 274- 289.

SCOTT, James. Seeing like a State: how Certain Schemes to Improve the Human Condition have Failed. New Haven and London: Yale University Press. 1998.

SCOTTI Pedro Alfradique. Desafios da educação em Paraty: análises iniciais - janeiro/2012. Relatório realizado por solicitação e com o apoio da Associação Casa Azul com o objetivo de orientar ações do Núcleo de Educação e Cultura. Paraty/RJ, 2012.  Impresso.

SILVA, Daniel José. O paradigma transdisciplinar: uma perspectiva metodológica para a pesquisa ambiental. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Woorkshop sobre interdisciplinaridade. São José dos Campos, 1999.

SHAPIN, Steven; Schaffer, Simon. Leviathan and the Air-Pump: Hobbes, Boyle, and the Experimental Life. Princeton: Princeton University Press. 1985.

SHIRLEY, Robert. O fim de uma tradição: cultura e desenvolvimento no município de Cunha. São Paulo: Perspectiva, 1974.

SOLERA, C.R. História & Bruacas: uma viagem ao mundo de muitos mundos. Curitiba: Progressiva, 2006.

SOMMERMAN, Américo. Unidimensionalidade versus Multidimensionalidade. http://cetrans.futuro.usp.br 

SOUZA, Francisco Augusto de (org.). Educação ambiental: uma proposta metodológica para o ensino fundamental e médio.  Cajazeiras, PB: Editora Gráfica Vitoriano Ltda., 2002. 

SOUZA Herbert de. Ecologia e democracia: duas vertentes questionam o desenvolvimento. In: Meio ambiente e democracia. Henri Acselrad (org.). Rio de Janeiro, IBASE, 1992.

SOUZA, A. dos S.; MENEZES, M. do R de. Estrutura da representação social do cuidado familiar com idosos hipertensos. Rev. Bras Geriatr. Gerontol.,  Rio de Janeiro,   v.12,  n.1,   2009 .   Disponível em: <http://revista.unati.uerj.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S180998232009000100008&lng=pt&nrm=iso>. acessos em  25  mar.  2013

SPONVILLE, André Comte. O capitalismo é moral? São Paulo: Martins Fontes, 2005.

STENGERS, Isabelle. Cosmopolitiques I. Paris : Éditions la Découverte, 2003a (1997).

STENGERS, Isabelle. Cosmopolitiques II. Paris : Éditions la Découverte, 2003b (1997).

STONER; J.A.F.; FREEMAN, R.E. Administração. Rio de Janeiro: LTC, 1999. 

STRIEDER, Roque. Educar para a iniciativa e a solidariedade. Ijuí: UNIJUÍ, 2000. 

SUKUP, V. A China frente à globalização: desafios e oportunidades. Rev. bras. polít. int.,  Brasília,  v. 45,  n. 2, Dec.  2002 . Disponivel em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S003473292002000200005&lng=en&nrm=iso>. access on  13  Mar.  2013.

Núcleo de Referência em Educação Ambiental

Universidade do Estado do Rio de Janeiro | Campus Maracanã
Rua São Francisco Xavier, 524 | Pavilhão João Lyra Filho
Faculdade de Educação, 12° andar, Bloco F, Sala 12.005
+55 (21) 2334-0824 / 2334-0825 | This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.