Slide 1

Atualizações Recentes

Nuredam/UERJ

Busca

2007 - 2008

Biodiversidade e Diversidade Cultural: Empreendedorismo, Ambiente e Arte entre Mulheres Ceramistas Fluminenses.

Descrição: A pesquisa proposta é propedêutica à descrição da visão de mundo de ceramistas fluminenses. Sabemos que o estudo sobre as questões ambientais podem assumir múltiplas bases epistemológicas (Oliveira, 2005), que se desenvolvem em uma complexa teia de discursos, que movimenta interesses de filósofos, pesquisadores, funcionários, governantes, especialistas, cientistas, professores e militantes. Destes discursos nem sempre é fácil separar claramente os que representam as nações, os estados, os políticos e os que representam as nuvens, águas, a circulação atmosférica, as correntes marinhas, as florestas. Ao mesmo tempo, o ambiente articula-se como objeto científico, na busca de consenso entre os pesquisadores e como objeto político que se vale de inúmeros dados estatísticos para pôr em ação a comunidade planetária em uma rede sociotécnica (Latour, 1994). Afinal, como tais necessidades e interesses se articulam no sentido de possibilitar um modo eficiente de educar ambientalmente visando a sobrevivência da Terra, de nossa espécie e das demais? Existem muitas definições e muitas também são as concepções sobre como educar ambientalmente. Contudo, o sentido que será dado à pesquisa defendida aqui é o de identificar a rede sociotécnica da produção da cerâmica fluminense para poder descrever, futuramente, modos de vida e trabalho. Tais modos de vida e trabalho são fortemente ligados à terra e à arte. A pesquisa é propedêutica à elaboração de uma proposta de educação ambiental porque a identificação, registro, documentação e análise desses saberes e fazeres contribui para a ampliação da consciência ambiental também daqueles que não estão envolvidos diretamente com a cerâmica como processo . Um mapeamento da existência de grupos de ceramistas fluminenses para a futura obtenção de um conjunto de informações sobre fazeres e saberes próprios a ceramistas é o principal objetivo dessa etapa da pesquisa proposta a ser realizada com auxílio da FAPERJ: E-26/170.685/2007.. 

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. 

Alunos envolvidos: Graduação (4) / Doutorado (1) . 

Integrantes: Jacqueline da Silva Santos - Integrante / Geanny Cristina Batista Pereira Leal - Integrante / Giselle de Souza Maria - Integrante / Maristela Barenco - Integrante / Isabela Frade - Integrante / Lenira Maria Cavalcanti Teixeira - Integrante / Mariana Drummond Esser - Integrante / Rita de Cassia da Silva Castro - Integrante / Maria Lúcia Sirena Proença - Integrante / Fátima Teresa Braga Branquinho - Coordenador.

Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janeiro - Auxílio financeiro.

Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 3.

Núcleo de Referência em Educação Ambiental

Universidade do Estado do Rio de Janeiro | Campus Maracanã
Rua São Francisco Xavier, 524 | Pavilhão João Lyra Filho
Faculdade de Educação, 12° andar, Bloco F, Sala 12.005
+55 (21) 2334-0824 / 2334-0825 | This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.